CONASCON inaugura sede em Brasília e avança na organização da categoria

A diretoria da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana e Áreas Verdes (CONASCON) escolheu o dia 13 de dezembro para inaugurar a sede da entidade no Distrito Federal. O escritório da Confederação está localizado em ponto central da Asa Norte, no Setor Comercial Norte, Quadra 02, Bloco D, Torre A do Edifício Liberty Mall, no conjunto de salas 602 e 603.

Criada em 2014, após 15 anos de disputa jurídica, a CONASCON congrega os maiores sindicatos de asseio e conservação, limpeza urbana e áreas verdes do Brasil, lutando pela valorização da categoria e investindo na organização dos sindicatos em todas as regiões do Brasil.

Presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana e Áreas Verdes (CONASCON), José Moacyr Pereira também preside o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação e Limpeza Urbana de São Paulo (SIEMACO-SP). O sindicalista recepcionou lideranças e amigos da classe, como Miguel Salaberry Filho, secretário nacional de Relações Institucionais da União Geral dos Trabalhadores (UGT) e presidente do Sindicato dos Empregados em Clubes e Federações Esportivas (SECEFERGS), entidade que integra o segmento.

ORGANIZAÇÃO E PLANEJAMENTO

Henrique Fermiano da Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio, Conservação, Serviços Terceirizados, Limpeza Urbana, Ambiental e Áreas Verdes de Caxias do Sul (SINDILIMP), destacou a importância da inauguração do novo espaço classificado por ele como “A Casa do Trabalhador do Segmento”, que surge como referência apropriada para impulsionar a organização da luta.

Para o presidente do SINDILIMP, que é diretor de Organização Sindical da CONASCON, a Confederação cumpre papel fundamental enquanto defensora dos direitos e interesses das categorias profissionais que representa, ao promover a unidade entre as federações, sindicatos e trabalhadores que atuam no setor. A nova sala vai auxiliar no planejamento de ações em nível nacional e no enfrentamento aos ataques do governo federal contra os direitos sociais. Para o ano de 2018, a palavra de ordem da CONASCON é “Organização, Unidade e Luta”.

O setor de Serviços emprega cerca de 14 milhões de brasileiros. Nas atividades de limpeza urbana, asseio e conservação e áreas verdes, mais de 13 mil empresas empregam mais de 1,8 milhão de trabalhadores em todo o país. No entanto, o setor que emprega o maior contingente de mão de obra do país também é o mais afetado pela rotatividade.

 

Renato Ilha, jornalista (Mtb 10.300)