Presidente da UGT-RS discute segurança pública em Brasília

Nos dias 13 e 14 de setembro o Presidente em Exercício da União Geral dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul (UGT-RS), Norton Jubelli, esteve em Brasília acompanhando assuntos relacionados à segurança pública no país.

Em audiência pública na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO) da Câmara Federal, empresas transportadoras de valores e representantes de trabalhadores da categoria solicitaram mais rigor contra assaltos a carros-fortes e caixas eletrônicos, cobrando punição mais rígida a criminosos que praticam este tipo de delito.

A agenda do presidente ainda incluiu a participação em reunião na Polícia Federal na Comissão Consultiva para Assuntos da Segurança Pública (CCASP) onde foram discutidos os últimos e graves ataques a carros forte no país, bem como a mudança no nível da blindagem das viaturas, e a substituição do armamento dos profissionais de segurança. A proposta é que sejam substituídas por armas mais potentes e assim garantir uma melhor condição de defesa aos trabalhadores, que segundo Norton “estão sendo caçados pelos marginais”.

Entre as medidas propostas também está a inclusão de uma mudança no estatuto do desarmamento que permita aos trabalhadores da segurança privada o porte de armas também fora do horário de trabalho.