UGT-RS prepara congresso regional e participação no IV Congresso Nacional

Presidente em exercício da União dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul (UGT-RS) e diretor financeiro do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte de Valores, Transporte de Documentos e Escolta do Rio Grande do Sul (Sindivalores-RS), Norton Jubelli, considera oportuna a realização do IV Congresso Nacional da UGT em um cenário de luta pela preservação dos direitos e de reorganização da prática sindical. Agendado para os dias 30 e 31 de maio, em Praia Grande/SP, o encontro está incumbido de apontar rumos concretos para a ação da Central diante desse contexto.
O sindicalista percebeu o direcionamento proposto já na 29ª reunião plenária da Executiva Nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), que reuniu dirigentes nacionais da UGT, em 15 de fevereiro, na sede nacional, para analisar o entendimento das lideranças sobre o temário do IV Congresso Nacional da Central. Um debate intenso convergiu para uma proposta, aprovando o lema “4ª Revolução Industrial: o Futuro do Trabalho”.

Na visão de Jubelli, o tema aprovado pelos ugetistas “conversa diretamente com o que pensam a classe trabalhadora e o movimento sindical”. Assim, questões como terceirização, informalidade e o avanço da tecnologia gerando desemprego são faces da mesma moeda quando se fala na 4ª Revolução Industrial, que marca a convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas e está mudança rapidamente o mundo que conhecemos.

ADOÇÃO DE NOVAS PRÁTICAS

O presidente em exercício da UGT gaúcha prenuncia a realização de um Congresso focado na avaliação da conjuntura brasileira, situando o momento em que nos encontramos, e na 4ª Revolução Industrial, cujo debate vai despertar a questão da ação sindical e a retomada de práticas que mirem no futuro das relações trabalhistas e ajudem a reaproximar as entidades das bases.

Norton Jubelli aponta o crescente investimento das empresas em automação, com o propósito de elevar a produtividade e reduzir os custos com a execução do trabalho. “O tema do Congresso Nacional da UGT visa justamente abordar uma revolução em curso, que já afeta substancialmente o chamado Mundo do Trabalho”, observa o ugetista.

Os filiados da UGT do Rio Grande do Sul marcaram para 9 de maio o 4º Congresso Estadual da Central, na Federação dos Bancários/RS, que apontará os delegados que representarão a UGT-RS no Congresso Nacional e também vai renovar a direção regional. “Atravessamos um dos períodos mais difíceis da história do movimento sindical brasileiro, mas somos capazes de, junto com os trabalhadores, enfrentar os desafios”, adverte Norton Jubelli.
Renato Ilha, jornalista (MTb 10.300)